Notícias

Os benefícios dos antioxidantes que você precisa saber

Saiba mais com a nutricionista Flávia Belettini

03/03/2020 - 14:00

 

Os antioxidantes são substâncias que ajudam a atrasar, ou até mesmo impedir, a oxidação das células saudáveis do corpo humano. Ou seja, protegem as células sadias do organismo, impedindo que moléculas muito instáveis afetem o organismo, os chamados radicais livres.

Se o indivíduo possui excesso de radicais livres, eles podem passar a agir, criando uma espécie de destruição de células saudáveis do corpo, como o DNA e as proteínas, fundamentais para o funcionamento normal do organismo. Dessa forma, a destruição dessas células pode deixar o sistema vulnerável (ou seja, instável), favorável a doenças como a obesidade, o mal de Alzheimer, hipertensão, além do câncer. Os antioxidantes são extremamente importantes justamente por impedir essa multiplicação de radicais-livres, colaborando com um organismo saudável.

 

 

Atletas esportivos tendem a produzir maiores quantidades de radicais livres. Por esse motivo, é recomendado uma alimentação balanceada com a presença de antioxidantes. Além disso, com o avançar da idade o organismo tende a produzir elementos antioxidantes com menos eficácia, sendo necessária a reposição através de outros mecanismos. O magnésio e a vitamina D são fortíssimos aliados para a produção desses radicais, pois são aliados na produção desses compostos, além do magnésio ajudar na absorção de outros elementos fundamentais para o corpo humano, como sódio e potássio. Também ajuda no ganho de massa muscular, perda de peso e na produção de melatonina, um hormônio essencial para uma boa noite de sono. Junto com a vitamina D, formam um forte composto no fortalecimento de ossos, dentes e produção de colágeno, retardando o envelhecimento. O magnésio pode ser encontrado em espinafres, arroz integral e abacate. Já a Vitamina D, que tem como principal fonte o sol, é encontrada em alimentos como salmão, queijos, ovo, leite, fígado e cogumelo.

O fosfolipídio de caviar é um composto também antioxidante que complementa na redução de radicais livres, processos inflamatórios, além de ajudar na produção de colágeno, evitando rugas e marcas fortes de expressão. Os fosfolipídios geralmente são encontrados em capsulas de 400mg, devendo ser receitado por um médico especialista. Em termos de uso de medicamentos, o Nutricelin é um dos medicamentos mais recomendados, pois, além de ser uma boa fonte para controlar os radicais livres do organismo, é válido também para repor a quantidade de silício no corpo humano, substância fundamental para ajudar na elasticidade da pele, fortalecimento de cabelos e unhas, juntamente com uma alimentação saudável, recomendado por um nutricionista.

 

 

Falando em Silício, a depender da necessidade de cada paciente, existe também o Exsynutriment, uma poderosa molécula de silício que além de operar como antioxidante, colabora em retardar o envelhecimento e fortalecer cabelos, unhas, hidratação da pele, além do sistema nervoso, ajudando no funcionamento do cérebro e envelhecimento com mais qualidade de vida.

Vale ressaltar que uma boa alimentação, incluindo compostos antioxidantes também auxiliam em uma boa qualidade de vida e disposição, além de neutralizar o aumento de radicais livres e retardar o envelhecimento. Frutas, como romã, laranja, limão, uva são fortes alimentos que contribuem, além de chá verde, cacau (também presente no chocolate amargo), aveia, linhaça, couve e carne branca. Todos esses alimentos costumam fazer parte do cotidiano, pois, além de colaborar com o organismo com o composto antioxidante, possuem diversos outros benefícios a saúde humana. Entretanto, uma dieta sempre deve ser observada por um nutricionista, médico especializado nessa área.

 

 

Comentários

Os comentários aqui descritos não respresentam opnião da Revista Personnalité e é de inteira responsabilidade do usuário.