Notícias

Sebastião Salgado lança manifesto em defesa dos índios ante a covid-19

A campanha defende que dirigentes dos três poderes no país criem uma força-tarefa para retirar das terras indígenas os invasores ilegais

04/05/2020 - 09:00

 

O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado enviou uma carta aberta ao presidente Jair Bolsonaro, assinada por celebridades como Madonna, pedindo “medidas urgentes” para salvar os povos indígenas da Amazônia da pandemia de coronavírus.

“Os povos indígenas do Brasil enfrentam uma séria ameaça à sua própria sobrevivência com o surgimento da pandemia do COVID-19”, diz a carta, apoiada por uma petição online que até agora reuniu cerca de 50.000 assinaturas.

O fotógrafo de 76 anos é premiado e ganhou vários prêmios internacionais, o qual retrata em seu trabalhos os povos da Amazônia. “Cinco séculos atrás, esses grupos étnicos foram dizimados por doenças trazidas por colonizadores europeus”, relata a carta que também foi assinada por uma lista de celebridades, incluindo Paul McCartney, Richard Gere e Meryl Streep.

“Hoje, com esse novo flagelo se espalhando rapidamente por todo o Brasil”, o povo indígena da Amazônia “pode desaparecer completamente, pois não tem como combater o COVID-19”. As estrelas aparecem em um vídeo do diretor brasileiro Fernando Meireles, que mostra Salgado pedindo a Bolsonaro que ponha um fim à intromissão econômica na vida dos povos da Amazônia e que “garanta sua proteção”.

 

Comentários

Os comentários aqui descritos não respresentam opnião da Revista Personnalité e é de inteira responsabilidade do usuário.

Mais Lidas