Notícias

Pós-Carnaval: Como recuperar a saúde depois da folia

Com o fim do Carnaval, é comum perceber os efeitos do excesso de bebidas alcoólicas e da privação do sono

28/02/2020 - 14:00

 

Com o fim do Carnaval, é comum perceber os efeitos do excesso de bebidas alcoólicas e da privação do sono. Mas com algumas dicas saudáveis, é possível reverter os danos da fadiga e da ressaca.

 

Hidrate-se

 

 

Lembre-se que o consumo intenso de álcool, aliado à má alimentação e à privação do sono, pode levar à perda de nutrientes e minerais. Afinal, o álcool tem efeito diurético, o que causa a desidratação de forma mais rápida. Por isso, ao voltar do feriado, invista nos líquidos: beba bastante água e sucos refrescantes, como os de abacaxi, melancia e laranja. Aposte também na água de coco, no gengibre e em chás com efeito “detox”, como o chá verde e o de erva-cidreira.

 

Alimentos leves

 

 

Mas o que comer? Muito provavelmente, seu estômago não aguentará alimentos gordurosos ou muito pesados, mais ainda assim é preciso repor as energias e nutrientes perdidos durante a festa. Então, prefira uma dieta mais equilibrada, livre de industrializados, com mais vegetais, carnes grelhadas, frutas e fibras. O macarrão integral e o salmão grelhado são ótimas pedidas!

 

Cuidados com a pele

 

 

Esqueceu-se de usar protetor solar ou de retirar a maquiagem antes de dormir? Elas podem acontecer com mais frequência do que parece, não é? Mas é preciso tomar cuidado, pois quando esses hábitos se tornam frequentes, o risco de envelhecimento precoce e o risco de câncer de pele aumentam consideravelmente.

Se você não conseguiu escapar da falta de cuidado dessa vez, não se preocupe: invista na hidratação, tanto pelo uso de bons hidratantes de rosto e corpo como pela ingestão de líquidos, no banho gelado e na boa alimentação. Se queimaduras, descamação e sensação de ardor são o caso, deixe a pele descansar e aposte em algum hidratante com efeito calmante, de preferência indicado por seu dermatologista.

Via Sharecare

Comentários

Os comentários aqui descritos não respresentam opnião da Revista Personnalité e é de inteira responsabilidade do usuário.

Mais Lidas