Notícias

Porque doar sangue regularmente?

A importância da doação de sangue.

04/11/2016 - 12:00

Doar sangue é, primeiramente, um ato de solidariedade. Cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. E é este pensamento que devemos ter quando se fala em doação de sangue.

18_sangueÉ preciso criar o hábito de doar. Atualmente, são coletadas no Brasil, cerca de 3,6 milhões de bolsas/ano, o que corresponde ao índice de 1,8% da população doando sangue. Embora o percentual esteja dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Ministério da Saúde trabalha para aumentar este índice. O Ministério da Saúde reduziu a idade mínima de 18 para 16 anos (com autorização do responsável) e aumentou de 67 para 69 anos a idade máxima para doação de sangue no País.

Alguns estados como São Paulo e o Distrito Federal fornecem vantagens para os doadores regulares de sangue. Existem leis que isentam da taxa de inscrição os doadores de sangue que quiserem prestar concursos públicos realizados pela Administração Direta, Indireta, Fundações Públicas e Universidades Públicas do Estado.

Há critérios que permitem ou que impedem uma doação de sangue, que são determinados por normas técnicas do Ministério da Saúde, e visam a proteção ao doador e a segurança de quem vai receber o sangue.

O que é necessário para a doação?

  •  Levar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);
  • Estar bem de saúde;
  • Ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Pesar mais de 50 Kg;
  • Não estar em jejum; evitar apenas alimentos gordurosos nas trás horas que antecedem a doação.

No dia da doação é recomendado que:

  • Nunca vá doar sangue em jejum
  •  Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação;
  •  Não tome bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores;
  •  Evite fumar por pelo menos 2 horas antes da doação;
  •  Evite alimentos gordurosos nas 3 horas antes da doação;
  •  As pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, sobem em andaimes e praticam paraquedismo ou mergulho, devem interromper estas atividades por 12 horas antes da doação.

Homens podem doar sangue com intervalos de 60 dias, ou seja, até 4 doações por ano e mulheres 90 dias, o que representa a 3 doações por ano.

Após a doação alguns cuidados são necessários, tais como: evitar esforços exagerados por pelo menos 12 horas; aumentar a ingestão de líquidos; não fumar por cerca de 2 horas; evitar bebidas alcoólicas por 12 horas; manter o curativo no local da punção por pelo menos 4 horas; não dirigir veículos de grande porte, trabalhar em andaimes, paraquedismo ou mergulho.

Pessoas que foram diagnosticadas com hepatite após os 11 anos de idade, mulheres gravidas ou que estejam amamentando, pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis, e doenças de chagas; usuários de drogas e aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos não podem doar sangue.

Em caso de procedimentos cirúrgicos e prazos de impedimento para a doação são:

  •  Extração dentária: 72 horas;
  • Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes: trás meses;
  • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem seqüelas graves, tireoidectomia, colectomia: 6 meses;
  • Ingestão de bebida alcoólica no dia da doação;
  • Transfusão de sangue: 1 ano;
  • Tatuagem: 1 ano;
  • Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina;

14 de junho é comemorado o dia mundial do doador de sangue.

Em Vitória da Conquista, para doação tem-se o banco de sangue e o Hemoba, que funcionam no período da manhã e tem grande necessidade de doadores visto que a cidade precisa de contingente para toda a região sudoeste da Bahia e norte de Minas.

Pensando nisso surge em Vitória da Conquista o Projeto “Sangue Bom, que será lançado dia 08 de novembro e tem como objetivo criar um grupo de voluntários, em parceria com instituições públicas e privadas gerando um fluxo continuo e rotineiro de doadores, para diminuir o déficit de sangue no Hemoba de Vitória da Conquista.  O projeto é elaborado por Rossane Comunicação e Cultura e tem como apoiadores: Radio Band FM, Portal Melodia Conquista, Transamérica e Rádio Clube Vitória da Conquista.

O evento de lançamento do Projeto “Sangue Bom será no dia 08/11/2016 as 19H30 no Espaço Lídia Nascimento, localizado na Rua Jornas Hortélio, 509 (Próx. a Praça do Gil).

logo-projeto-sangue-bom

Maiores informações:

77 3421-4881

contatorossane@gmail.com

Fonte: Gabriela Rocha/Blog da Saúde

 

Comentários

Os comentários aqui descritos não respresentam opnião da Revista Personnalité e é de inteira responsabilidade do usuário.

Mais Lidas