Notícias

Cuidados nutricionais no pós-operatório

Veja as recomendações da nutricionista Flávia Beletinni para acelerar a recuperação do pós-operatório

14/01/2019 - 08:00

Procedimentos cirúrgicos sempre trazem muitas dúvidas e medos. O paciente é bombardeado por uma lista enorme de cuidados a serem seguidos antes e após a operação. Respeitar essas recomendações é essencial para o sucesso da cirurgia. Tratando-se da alimentação, temos mais uma lista de orientações a serem acrescentadas, especialmente no pós-operatório. Segundo a nutricionista Dra. Flávia Belettini, os pacientes tendem a desenvolver desnutrição proteica em procedimentos cirúrgicos de grande porte, devido à perda de vitaminas e proteínas durante a cirurgia.

 

“É extremamente importante seguir as orientações do nutricionista nos meses que antecedem e procedem o procedimento cirúrgico, dado que a alimentação correta evita complicações no pós-operatório”, afirma.

 

 

Pacientes com baixo peso e sobrepeso exigem uma atenção ainda maior. No primeiro caso, existe um grande risco de desnutrição proteico-calórica após a operação. Já no segundo, o alto índice de gorduras interfere no processo cirúrgico e aumenta o risco de trombose. É claro que não existe uma dieta definida com quais alimentos devem ser evitados e quais devem ser consumidos, afinal são organismos, históricos e procedimentos diferentes.

 

 

 

 

No entanto, itens ricos em proteína, ômega 3, zinco e vitaminas A, B e С agem no processo de cicatrização da pele e na formação de novos tecidos. Por outro lado, doces, frituras e carnes processadas não só retardam a cicatrização, como também elevam as chances de inflamações, ao dificultar a circulação sanguínea. Beber água constantemente é uma outra recomendação importante, visto que diminui o inchaço após a cirurgia e alivia os incômodos, ao recompensar a perda natural dos líquidos durante a operação.

 

 

 

 

Nesta época do ano, aumenta a procura por cirurgias estéticas. É muito comum ,no período de repouso, os pacientes se alimentarem incorretamente e ganhar peso, interferindo diretamente no resultado desejado. Por isso, buscamos adequar uma alimentação balanceada com proteínas, carboidratos, vitaminas e suplementos que potencializam a recuperação tecidual. Sempre objetivando uma dieta anti-inflamatória e aumentando a oferta de antioxidantes! .

 

Flávia Belettini CRN 5/3096
Nutricionista, especialista em Fisiologia do Exercício e professora da FTC do curso de Nutrição.
773081 0573 | 779 8868 2232 | 779 9175 2786

Comentários

Os comentários aqui descritos não respresentam opnião da Revista Personnalité e é de inteira responsabilidade do usuário.

Mais Lidas